Skip navigation

Aí começam os professores das universidades federais a fazer greve, vai se alastrando entre os servidores federais, chega nas agências reguladoras, entre as quais a ANVISA, enfileirando navios nos portos, entre outras mazelas que já levaram a jogar fora muitos gêneros alimentícios perecíveis, após mais de 30 dias de paralisação.

O governo se mostrou incapaz de negociar ou compelir os servidores a manterem serviços essenciais, e se mostra simpático, através do Ministério Público, que as empresas operadoras passem por cima das autoridades federais envolvidas e obtenham ordem judicial para o desembarque forçado das mercadorias, como tantas vezes eu mesmo patrocinei durante nos anos 1980, para supermercados do Rio de Janeiro salvarem toneladas de bacalhau da Semana Santa.

O que acontece é que os trabalhadores do porto, que entram nessas embarcações transcontinentais sem o serviço da vigilância sanitária, ficam à mercê de um risco muito maior do que o habitual, o que não lhes é remunerado, não se reflete em adicional no pagamento.

Também os consumidores perdem com o descontrole sanitário, sem economizar um tostão sequer; aliás, pelo contrário, a escassez eleva artificialmente os preços.

O cidadão gasta cada vez mais com tributos diretos e indiretos, para custear serviços públicos, cujos servidores estão insatisfeitos, porque não aceitam perder como tem perdido os trabalhadores do setor privado, que já não podem contar com a fúria oposicionista do seu PT, que se viu propositalmente desarticulado, postos seus líderes em cargos na administração federal direta e indireta, entre outras benesses.

Conclusão: os problemas nos portos continuam os mesmos, e a solução agora é prorrogar as concessões feitas antes de 1993, o que é outra conversa …

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: